O que visitar em Zagreb | Roteiros

Vale mesmo a pena visitar Zagreb? Esta é a pergunta que muitas pessoas se fazem. Isto porque, apesar de ser a capital da Croácia, Zagreb é muitas vezes vista apenas como um ponto de passagem para outras cidades croatas. Na nossa opinião, a resposta é Sim, Zagreb vale a pena uma visita. Continuem a ler para perceber o que visitar em Zagreb!

Edifício em Zagreb iluminado de noite
Zagreb à noite

Como chegar a Zagreb

Nós voámos de Lisboa para Zagreb com a KLM, com escala de cerca de 2h em Amsterdão. Existem também voos a partir do Porto e de Faro.

Para ir do aeroporto de Zagreb até ao centro da cidade existem várias alternativas:

  • Zagreb Airport Bus (ZET) – parte a cada 35 minutos e demora cerca de 1h15m a chegar ao centro da cidade, uma vez que faz 20 paragens. Custa 6 HRK (≈ 0,80€).
  • Zagreb Airport Shuttle Bus – parte a cada 30 minutos e demora cerca de 30 minutos a chegar à estação central de autocarros de Zagreb. Custa 30 HRK (≈ 4€).
  • Táxi – a viagem até ao centro da cidade são cerca de 15km e deve custar, em média, 150-200 HRK (≈ 20-26€), dependendo do trânsito.
  • Transfer privado
  • Aluguer de carro – foi o método que utilizámos e demorámos cerca de 20 minutos a chegar ao nosso alojamento no centro da cidade. Alugámos o carro com a autoeurope com levantamento e entrega no aeroporto de Zagreb para toda a nossa estadia.

Os valores das opções acima foram baseados na nossa pesquisa em 2020 e podem sofrer alterações.

Se gostam de praia, podem ver o nosso guia das melhores praias da ilha de Krk

O que visitar em Zagreb

Como dissemos acima, na nossa opinião, vale a pena reservar tempo para visitar Zagreb. Temos que admitir que a capital croata não foi a nossa cidade preferida, mas não deixa de ser uma cidade bonita.

O que mais nos marcou em Zagreb foi o seu ambiente jovem, descontraído e multicultural. Nós chegámos a Zagreb numa sexta-feira e reparámos que, ao se aproximar o final de tarde, as esplanadas dos cafés, pubs e restaurantes começaram a encher. Gostámos muito de passear pelas ruas de Zagreb e ouvir a música dos pubs e as gargalhadas das pessoas.

Praça Ban Jelačić (Trg bana Jelačića)

Esta é a praça principal de Zagreb e uma das mais antigas da cidade. A praça é conhecida por ser considerada um ponto de encontro, especialmente debaixo do relógio. Na Praça Ban Jelačić podemos também encontrar a fonte Manduševac e uma estátua de Ban Jelačić num cavalo.

Praça Ban Jelači, a praça principal de Zagreb
Praça Ban Jelačić – a principal praça de Zagreb

Funicular de Zagreb

O Funicular de Zagreb é, provavelmente, uma das coisas que mais gostámos de visitar em Zagreb. O bilhete custa 5 HRK (≈ 0,65€) e a viagem dura cerca de 1 minuto. Sim, o funicular tem apenas 66 metros de comprimento, o que faz dele o funicular mais curto do mundo. O funicular começou a operar em 1890 e, portanto, é o primeiro e mais antigo transporte público de Zagreb.

Funicular de Zagreb
Funicular de Zagreb

Sabiam que o Funicular de Zagreb é o funicular mais seguro do mundo, visto que nunca teve um acidente?

Strossmayer Promenade

No topo do funicular está o Strossmayer Promenade (se quiserem evitar o funicular podem sempre optar por subir as escadas). Esta zona é ótima para dar um passeio, mas, acima de tudo, permite ter uma vista lindíssima de Zagreb.

Túnel Grič

Outro dos nossos sítios preferidos foi o Túnel Grič, que serviu como bunker na Segunda Guerra Mundial para proteção contra os bombardeamentos. O túnel foi construído em 1943 e renovado em 2016 e tem uma extensão de 350 metros. Atualmente, além de servir como passagem pedonal no centro da cidade, especialmente útil em dias de muito calor, é também usado como local de exposições e para realizar eventos. Que acham de caminhar num túnel da Segunda Guerra Mundial?! 😀

Mulher a caminhar na passagem no Túnel Grič
Túnel Grič

Torre Lotrščak

Dizem que as melhores vistas sobre Zagreb se conseguem do alto desta torre fortificada. Subir à torre custa 20 HRK (≈ 2,50€).

Sabiam que todos os dias, exactamente ao meio-dia, ouve-se o disparo de um canhão na Torre Lotrščak?

Mercado de Dolac

O Mercado de Dolac é o principal mercado de Zagreb e é um verdadeiro deleite com tantas cores e cheiros diferentes. A partir das 7h00m o mercado vai-se enchendo de locais que vão fazer as suas compras. No mercado podemos encontrar um pouco de tudo: flores, frutas, legumes, queijos, massas frescas, carne, peixe. É um verdadeiro mundo. Não deixem de passar lá e, quem sabe, comprar alguma coisa e aproveitem para ver a Kumica, a estátua da aldeã que vai vender os seus produtos. Vale a pena lembrar que o mercado só funciona durante a manhã.

Frutas e legumes no Dolac Market
Bancas de fruta no Mercado de Dolac

Parque Zrinjevac

Este parque está repleto de flores e fontes e é ideal para descontrair. Vimos várias pessoas a conviver sentadas na relva e, quando lá estivemos, estava a decorrer um festival de cinema ao ar livre.

Parque Zrinjevac e fonte
Parque Zrinjevac

Igreja de São Marcos

É a igreja mais típica de Zagreb devido ao seu telhado completamente colorido. A igreja é do século 13 e é dos edifícios mais antigos de Zagreb. No telhado colorido é possível ver os brasões de armas medievais da Croácia e o símbolo da cidade de Zagreb. É um ponto de passagem obrigatório para quem está a visitar Zagreb.

Igreja de São Marcos
A icónica Igreja de São Marcos

Catedral de Zagreb

A Catedral de Zagreb é um edifício com uma história turbulenta. Poucas décadas após ter sido construída, no século XIII, a catedral ficou danificada devido a um ataque dos tártaros. Mais tarde, o terramoto de 1880 destruiu a catedral e deixou muitos relógios em Zagreb parados. Apesar da catedral neogótica já estar renovada, ainda podemos observar um dos relógio originais da catedral que parou nas 7 horas, 3 minutos e 3 segundos.

Catedral de Zagreb
A Catedral de Zagreb

Cemitério de Mirogoj

Nós sabemos que não é muito normal sugerir a visita a um cemitério, mas este é considerado um dos cemitérios mais bonitos da Europa. Apesar de ser um lugar de luto, tem um vasto parque e uma arquitetura muito bonita. Vale a pena apreciar as cúpulas e arcadas do cemitério onde se encontram várias personalidades croatas.

Cúpulas no Cemitério de Mirogoj
Cúpulas no Cemitério Mirogoj

Tomar uma bebida numa esplanada

Ir beber qualquer coisa numa esplanada é cultural em Zagreb, por isso é algo que recomendamos muito. Nós fomos beber uma cerveja a um Irish Pub – Harat’s Pub – e gostámos muito do ambiente. Na esplanada, além dos bancos e mesas tem também uns puffs, o que dá um ambiente muito descontraído.

Cerveja no Harat's Pub
A descontrair numa esplanada

Portão de Pedra (Stone Gate)

Este é o único portão original que resta das muralhas da cidade e é conhecido por também ser um local de adoração, visto que tem uma espécie de capela no seu interior.

Jardim perto de Stone Gate
Jardim perto de Stone Gate

Galerias de arte

O Art Pavilion é uma das galerias de arte mais antigas da Europa com mais de 120 anos de história e onde têm lugar exposições temporárias. O Museu Mimara é conhecido por ter uma vasta coleção de arte privada.

Museu de arte Mimara
Museu de arte Mimara

Ambos os museus estavam temporariamente encerrados quando estivemos em Zagreb.

Passear nas ruas de Zagreb e conhecer as suas praças

Zagreb é uma cidade que se percorre bem a pé. As ruas da cidade são animadas e coloridas e uma rua de passagem obrigatória é a Tkalčićeva, com vários restaurantes e lojas. Vão também perceber que existem várias praças, muitas vezes identificadas por estátuas. Por exemplo, vale a pena passar por Cvjetni trg, também conhecida como praça das flores, onde se encontra a estátua de Petar Preradović.

Vejam aqui o que visitar na vila de Rastoke

Onde comer em Zagreb

Para jantar, pensámos num restaurantes da rua Tkalčićeva, mas, como era sexta-feira, havia um bocadinho de confusão. Então, optámos pelo restaurante Lanterna na Dolcu, numa rua paralela.

A sala do restaurante Lanterna na Dolcu
A sala do restaurante Lanterna na Dolcu

O restaurante é muito bonito e acolhedor, todo decorado com arcos de pedra. E a comida era muito boa. É um restaurante que utiliza ingredientes locais e os pratos são um compromisso entre o tradicional e o moderno. Para nós foi ótimo porque estávamos com curiosidade de experimentar a gastronomia croata!

Escolhemos uma tábua de queijos e frutos secos para entrada e polvo grelhado como prato principal. Como queríamos provar o vinho branco local pedimos um Ivan Buhač Graševina. 🔝

Onde ficar em Zagreb

Como queríamos conhecer a cidade a pé, o nosso principal requisito era um hotel que ficasse perto do centro de Zagreb. Outro requisito importante para nós era ter estacionamento porque já tínhamos lido que o estacionamento na Croácia é escasso e muito caro.

Escolhemos o B&B Concept que fica a apenas 15 minutos a pé da Praça Ban Jelačić e foi perfeito para o que precisávamos. No dia do check-in, recebemos por mensagem todas as informações necessárias: a morada, o local do estacionamento e os códigos para o check-in automático. Foi tudo muito simples.

O que mais gostámos

  • Processo de check-in simples e prático
  • Confortável e limpo
  • Insonorização
  • Ar Condicionado

O que menos gostámos

  • Não tinha shampoo
  • Difícil de encontrar

TODOS OS ARTIGOS SOBRE A CROÁCIA:


Booking.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *